Notícias

Assis comenta a decisão de Lula e a resistência do povo

19 abr 2018

Foto: PTnaCâmara

O deputado federal Assis Carvalho ficou ao lado de Lula, no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, até a decisão do ex-presidente de cumprir o mandado. No sábado (7), o deputado participou da Missa por Dona Maia Letícia, que foi companheira de Lula por mais de 40 anos, e que completaria 68 anos nessa data. Após o evento, Lula anunciou sua decisão e saiu carregado nos braços do povo que, à tarde, resistiu em deixar Lula sair para o aeroporto.

O deputado comentou a serenidade de Lula diante da perseguição que sofre: “Incrível a força de Lula que enfrenta, de cabeça erguida, uma das maiores injustiças que um ser humano pode sofrer. “

Ele também lamentou a prisão, mas chamou o povo para continuar na luta por democracia e justiça: “Ver Lula ir foi a coisa mais dolorosa que já se exigiu de nós. A prisão de um inocente é uma violência que nenhum cristão pode suportar sem revolta. Vamos usar essa dor para encorajar nossa luta. Os sonhos de Lula estão conosco. A luta dele é nossa luta.”

Vigília

Já em Curitiba, outra multidão o esperava e ficou em vigília do lado de fora do prédio da Polícia Federal, onde Lula está. A manifestação foi violentamente reprimida com bombas de gás lacrimogêneo lançadas por policiais, e que feriram mais de dez pessoas.

 O caso foi denunciado à Procuradoria Geral da República, Ministério da Segurança Pública, chefia da Polícia Federal.